COMEÇA A VACINAÇÃO CONTRA A FEBRE AFTOSA

COMEÇA A VACINAÇÃO CONTRA A FEBRE AFTOSA

A vacinação contra a febre aftosa começa hoje (01) de maio na maioria dos estados do Brasil, rebanhos de bovinos e búfalos, de todas as idades, deverão ser vacinados. Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, cerca de 218 milhões de animais devem ser vacinados. A vacinação vai até o dia 31 de maio. Quem tiver dúvidas sobre a vacinação deve procurar o escritório do Instituto Mineiro Agropecuário(IMA). Quem não comprovar que realizou a vacinação no rebanho pode ser multado.

A divisão de febre aftosa do ministério orienta que a vacina seja aplicada na região da tábua do pescoço, debaixo do couro do animal (região subcutânea). Confira outros cuidados que devem ser tomadas para garantir o sucesso da imunização:

  • Só vacine bovinos e búfalos.
  • Compre as vacinas somente em lojas registradas.
  • Transporte a vacina em caixa térmica.
  • Mantenha a vacina no gelo até o momento da aplicação.
  • Vacine o gado na hora mais fresca do dia.
  • Preencha a declaração de vacinação e a entregue no serviço veterinário oficial do estado junto à nota fiscal de compra das vacinas.

Em Carmo do Paranaíba e Rio Paranaíba, os técnicos do escritório do IMA orientam os produtores e ainda selecionam algumas fazendas para fazer a vacinação assistida através de seu veterinário que observa se tudo esta sendo feito corretamente. Vale lembrar que Minas Gerais esta trabalhando cada vez mais para que o estado esteja totalmente livre da febre aftosa, o último foco da doença foi em 1986, por isso a importância da vacinação para que todos os produtores possam continuar com tranquilidade negociar seus animais inclusive para a exportação. Sob Jurisdição do IMA de Carmo do Paranaíba, Rio Paranaíba vacinou: 99.21% na etapa 2/2017 e Carmo do Paranaíba: vacinou 97% na etapa 2/2017

Há vacinar na etapa 1/2018:

Animais em Carmo do Paranaíba: 120.100

Animais em Rio Paranaíba: 70.520

Valor de multa ao deixar de vacinar: R$ 81,29 por cabeça e deixar de comprovar a vacinação: R$16,26

Fotos: Internet