DEPOIS DE 30 ANOS A ESCOLA ESTADUAL SIZENANDO AMARAL ESTA EM NOVO ENDEREÇO

DEPOIS DE 30 ANOS A ESCOLA ESTADUAL SIZENANDO AMARAL ESTA EM NOVO ENDEREÇO

Hoje(2) de maio a Escola Estadual Sizenando Amaral de Educação Especial começa uma nova etapa de sua história em novo endereço depois de 30 anos instalada num mesmo lugar. Há cerca de cinco meses atrás foi dado um prazo para esta mudança acontecer através da direção da Apae que tem ideia de ampliar projetos em sua sede própria. Para diferenciar é importante dizer que as Apaes tem por objetivo ser rede de promoção e defesa de direitos das pessoas com deficiência intelectual e múltipla, diferente das escolas de educação especial como a Sizenando Amaral que recebe e trabalha no apoio e inclusão de seus alunos nas escolas regulares, ou seja, as escolas especiais estão sempre prontas para atender as necessidades específicas de aprendizagem de cada aluno porque são espaços com turmas menores e homogêneas, equipe interdisciplinar, recursos e materiais pedagógicos especializados e pessoal habilitado – no sentido de trabalhar nesse ambiente por muito tempo e conhecer seus estudantes muito bem – que dispõe de todo o seu tempo para cuidar especialmente das pessoas com deficiências(PcD) dando ênfase a sua educação. E um detalhe a mais segundo artigo escrito por Caroline Kurovski, Analista de Marketing da  ASID Brasil (Ação Social para Igualdade das Diferenças) que diz o seguinte, “o aprendizado não está apenas dentro das escolas, mas também com a sociedade. Nós somos os maiores responsáveis pela inclusão das pessoas com deficiência, não importa onde elas tenham estudado. Se um jovem escolhe a universidade para a qual quer ir e em qual acredita que se desenvolverá da melhor maneira, o mesmo deve acontecer com as pessoas especiais, uma vez que elas e seus familiares também escolhem o melhor lugar, aquele que as irá preparar para seu desenvolvimento dentro da sociedade, que é a sua maior escola”. A Escola Estadual Sizenando Amaral de Educação Especial está agora na rua São Pedro – 544 – antigo Escola Estadual Juca Cardoso, hoje conta com 115 alunos e 40 profissionais de diversas áreas para oferecer uma educação de qualidade, inclusão nas escolas regulares e também na sociedade.

 

 

REFEITÓRIO DA E.E SIZENANDO AMARAL

 

 

 

 

Fotos: Fábio Amaral