PELO 8º DIA CONTINUA A PARALISAÇÃO DOS CAMINHONEIROS

 

PELO 8º DIA CONTINUA A PARALISAÇÃO DOS CAMINHONEIROS

O movimento dos caminhoneiros intitulado por muitos como greve continua pelo 8º dia mesmo após o anuncio do presidente Michel Temer em rede nacional. Efeitos positivos já surgiram mas ainda não suficiente conforme todo o povo brasileiro deseja. A grande preocupação no momento é com o desabastecimento e o elevado preço que todos terão não só nos combustíveis, mas principalmente nos itens de maior necessidade.  Confiras as conquistas da categoria até o momento:

1 – Redução de 46 centavos por litro do diesel (PIS; COFINS e CID);
2 – Este preço será mantido por 60 dias, reajustes serão feitos mensalmente (previsibilidade);
3 – Medida Provisória isenção da cobrança do eixo suspenso nos pedágios em todas as rodovias;
4 – Medida Provisória aos autônomos – 30% dos fretes da CONAB;
5 – Medida Provisória estabelecendo a tabela mínima do frete conforme estabelecido no projeto de lei em tramitação no Senado.
6 – Não haverá reoneração da folha ao setor de transporte rodoviário de carga

Em Carmo do Paranaíba muitas pessoas estão colaborando com a base instalada no trevo da cidade que tem feito o seu papel desde a última quarta feira(23), inclusive entidades como o Lions Clube Maurício Rios. E quem quiser contribuir pode levar ao local, comida, água, biscoitos, enfim aquilo que possa dar sustentação a esta paralisação. Conforme os principais líderes do movimento as reivindicações vão além do problema do preço do diesel. Depois da dimensão que a paralisação tomou nos últimos dias, os motoristas acreditam que podem mudar o rumo do País. A grande preocupação do governo agora é com a possível greve anunciada pelos petroleiros para se iniciar na próxima quarta feira.