SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DE CARMO DO PARANAÍBA VÃO ADERIR A GREVE POR FALTA DE PAGAMENTO

SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DE CARMO DO PARANAÍBA VÃO ADERIR A GREVE POR FALTA DE PAGAMENTO

 

Servidores da rede estadual de ensino de Carmo do Paranaíba começam a aderir à greve por falta de pagamento de seus salários. Desde 2016 o governo tem feito o pagamento de forma escalonada. A primeira parcela deste mês foi paga para apenas uma parte dos servidores de educação. Esta é a segunda vez que os profissionais da educação entram em greve neste ano. Os servidores com suas respectivas famílias vêm encontrando muitas dificuldades, inclusive para contrair empréstimos consignados, e atendimentos através do IPSEMG, devido à falta de repasse do governo estadual para as instituições financeiras e conveniadas, sendo que já esta sendo descontado dos servidores em seus contracheques. Segundo o Sindicato Único dos Servidores em Educação a greve é por tempo indeterminado. A coordenação do SinUte informou que os professores só vão retornar ao trabalho depois que o Governo do Estado por os salários da categoria em dia.