PROJETO OLHO VIVO SERÁ REALIDADE COM A PARTICIPAÇÃO DA SOCIEDADE CARMENSE

COMISSÃO DE IMPLANTAÇÃO DO PROJETO OLHO VIVO ESCLARECE AS NECESSIDADES DE RECURSOS DA SOCIEDADE

Aconteceu na tarde desta terça feira (10/7) uma reunião na 90ª. Cia de Polícia Militar muito importante para dar continuidade às arrecadações que sustentarão a instalação do “Projeto Olho Vivo” em Carmo do Paranaíba.  Foi oportunidade em que o Meritíssimo Juiz Dr. Denes Marcos Vieira esclareceu para alguns setores importantes do município, especialmente Cooperativas de Crédito, Agropecuária, Sindicato dos Produtores Rurais e também empresas que esperavam visualizar o projeto com maior exatidão e assim fazerem doações. Foi explicado que para isso acontecer é necessário ter o dinheiro imediatamente e que o Consep(Conselho de Segurança Pública) não dispõe dos recursos necessários para maior fluidez na execução do mesmo. Ao todo o projeto de instalação deve ficar em torno de R$ 365.000,00, fora a manutenção que ficará por conta da Prefeitura Municipal no período de 36 meses que chega a aproximadamente R$ 1.000000,00(hum milhão de reais).

Foi deixado bem claro para os presentes através do judiciário bem como do poder executivo que o projeto é apartidário, ou seja, parceria público-privada prevalecendo sempre à segurança de todos os cidadãos do município com ampla prevenção e combate à criminalidade. Quando estiver funcionando, o “Projeto Olho Vivo” que faz a captação do movimento de pessoas e veículos em tempo real inicialmente estará atendendo com 15 câmeras, sendo que a sala de Vídeo Monitoramento estará em operação no Quartel da Polícia Militar durante 24 por dia.

As pessoas que estão à frente esperam que a partir desta reunião o processo seja acelerado contando com a participação dos clubes de serviços, comércio local que já deu uma boa contribuição, associação e cooperativa de cafeicultores, produtores rurais, entidades representativas e pessoas físicas que querem continuar numa cidade tranquila e boa para viver com todos os familiares. Quem quiser dar a sua contribuição pode entrar em contato diretamente com os responsáveis do CONSEP ou CDL/ACICAP, que além de receber, passarão todas as informações pertinentes ao assunto e dentro da necessidade prestarão contas do que esta sendo feito.

Fotos: Fábio Amaral