LANÇADO MAIS UMA PESQUISA SOBRE TEMPO DE MATURAÇÃO DO QUEIJO NA REGIÃO DO CERRADO MINEIRO

LANÇADO MAIS UMA PESQUISA SOBRE TEMPO DE MATURAÇÃO DO QUEIJO NA REGIÃO DO CERRADO MINEIRO

Na tarde desta segunda feira 18/03 foi realizado na Comunidade de Campo do Meio na propriedade do Sr. Eudes Braga o lançamento do projeto de pesquisa através da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM) em parceria com EMATER, IMA, SEBRAE  e com apoio do poder público de maneira geral sobre o tempo necessário para a maturação dos queijos que são fabricados na região do cerrado mineiro, para que os mesmos possam ter identidade própria e automaticamente ter maior retorno para os produtores que trabalham arduamente para oferecer qualidade aos seus consumidores e atender as legislações vigentes para comercialização.

No lançamento estiveram presentes representantes do governo federal, estadual, municipal, instituições financeiras, cooperativas e sociedade civil organizada. Recepcionando todos os visitantes estavam o anfitrião Eudes Braga membro da Associação dos Produtores de Queijo Minas Artesanal do Cerrado, o Sr. Wellington Carlos Vieira presidente da associação, Marcos Geraldo da Silva gerente da regional Noroeste/Alto Paranaíba  representando o Sebrae, Tales Almeida diretor geral do IMA, Professor Mateus de Souza Gomes assessor e representante do Magnifico Reitor da (UFU) Valder Stéfani Júnior, professor Milton de Castro Teixeira Magnífico Reitor do (UNIPAM), Clodovaldo Antônio Mancini gerente regional da EMATER e representando todos os prefeitos da região César Caetano de Almeida Filho Prefeito Municipal de Carmo do Paranaíba.

O lançamento da pesquisa de tempo de maturação atende a demanda dos produtores de Queijo Minas Artesanal do Cerrado com os objetivos de atender a demanda local e regional que preferem queijos com maturação menor, garantir capital de giro mais frequente aos produtores, desonerar investimentos em estruturas físicas, diminuir a informalidade e facilitar o acesso ao mercado.

Cada um dos parceiros do projeto tem seu papel fundamental para garantir o sucesso no trabalho que ao seu final terá o apoio do diretor geral do IMA Tales Almeida, que fez o seguinte compromisso “ se o resultado apresentar redução de tempo de maturação, ele irá publicar portaria sem questionar em nenhum momento aos resultados das pesquisas”.

Já o Prefeito de Carmo do Paranaíba Dr. César Caetano de Almeida Filho parabenizou mais uma vez todos os produtores que lutam incansavelmente para que haja maior valorização do produto do cerrado mineiro e diz que “ Cabe ao poder público não intervir na economia, mas sim fomentar a economia. Lembrou ainda o apoio a todos os produtores nas questões de facilitar as legislações que engessavam os produtores em suas comercializações”. “E deseja ainda que o Queijo Minas Artesanal do Cerrado Mineiro possa se transformar em uma marca de nossa região, fruto do excelente trabalho de cada produtor, prefeito, entidade e de cada um que tem apoiado o projeto”.

Fotos: Fábio Amaral